JJCAST

Revisando com Questões: Insuficiência renal

Nesse episódio, questões comentadas das instituições: Equipe JJ Mentoria, UNICAMP, SES-PE, PSU-MG, UERJ.

Gravado por Eduardo Côrtes em 22 de Junho de 2020

Bem vindo ao Podcast Revisando com Questões, a nossa série semanal de questões de provas de residência médica, de grandes instituições do país, comentadas ao melhor estilo JJ Mentoria de estudar.

O tema dessa semana é Insuficiência Renal e teremos questões das seguintes instituições: Equipe JJ Mentoria, UNICAMP, SES-PE, PSU-MG, UERJ.

Confira os enunciados das questões na íntegra:

 

UNICAMP

Homem, 69a, submetido a cirurgia de urgência para correção de aneurisma roto de aorta abdominal. No pós-operatório imediato apresenta débito urinário de 350ml/24horas. Ureia= 90 mg/dL; e creatinina= 1,8 mg/dL; densidade urinária= 1035; fração excretada de sódio= menor que 1%. O TRATAMENTO É:


 

a) Reposição volêmica.

b) Dobutamina.

c) Terapia de substituição renal.

d) Furosemida intravenosa.

 

 

SES-PE

Um paciente de 70 anos, renal crônico em tratamento conservador (última creatinina = 4,8 mg/dl) foi submetido à cirurgia de urgência devido à diverticulite perfurada. No segundo dia de pós-operatório, desenvolveu oligúria e queixas de fraqueza muscular, embora estivesse com níveis pressóricos estáveis e sem sinais de níveis de infecção. Exames laboratoriais mostraram creatinina = 6,7 mg/dl e potássio 7,5 mEq/l, ECG mostrava ondas T simétricas e apiculadas, com intervalo QRS discretamente alargado. Foram administrados, de imediato, gluconato de cálcio e solução de glicose e insulina. Qual a próxima medida a ser tomada?

 

a) Hemodiálise.

b) Resinas de troca iônica.

c) Bicarbonato de sódio.

d) Furosemida.

e) Expectante, monitorizando diariamente os níveis séricos de potássio.

 

PSU-MG

Homem de 48 anos com diagnóstico de diabetes mellitus tipo1 há 26 anos, mal controlado, evoluiu nos últimos anos com elevação progressiva e insidiosa dos níveis de creatinina. Atualmente, o ritmo de filtração glomerular é de 18mL/min/1,73m² e apresenta ultrassonografia que evidencia rins ecogênicos menores que 9 cm (diminuídos). Considerando-se a condição atual do paciente e suas repercussões clínicas, assinale a alternativa ERRADA:

 

a) Anticoagulantes devem ser evitados na suspeita de derrame pericárdico, que, em geral, é hemorrágico.

b) Calcificação vascular urêmica envolvendo desordens da homeostase do fósforo e outros mediadores associam-se a maior risco de complicação cardiovascular.

c) Hipertensão arterial sistêmica é complicação comum e tende a ser progressiva e sal-dependente.

d) Osteíte fibrosa cística e doença óssea adinâmica resultam da maior atividade osteoclástica a partir do aumento da síntese de paratormônio.

 

UERJ

Um paciente de 42 anos, portador de doença renal crônica em estágio 4, vem apresentando sangramentos patológicos com frequência. O exame mais adequado para documentar que essa discrasia é causada pela disfunção renal é:

 

a) TAP.

b) PTT.

c) Tempo de sangramento.

d) Contagem de plaquetas.

 

 

 

 

 

 

 

 

Olá, O que você achou deste conteúdo? Conte-nos nos comentários!