JJCAST

Revisando com Questões: Psiquiatria

Nesse episódio, questões comentadas das instituições: USP-SP, UNIFESP, UNICAMP, USP-RP.

Gravado por Eduardo Côrtes em 16 de Setembro de 2019

Bem vindo ao Podcast Revisando com Questões, a nossa série semanal de questões de provas de residência médica, de grandes instituições do país, comentadas ao melhor estilo JJ Mentoria de estudar.

O tema dessa semana é Psiquiatria e teremos questões das seguintes instituições: USP-SP, UNIFESP, UNICAMP, USP-RP.

Confira os enunciados das questões na íntegra:

USP-SP
Menina de 7 anos de idade está internada pois irá ser submetida a amigdalectomia amanhã. Ela acorda no meio da noite chorando, dizendo que tem "um urso" no seu quarto. Ela fica mais tranquila quando a enfermeira acende a luz, mostrando que o urso era uma cadeira que estava coberta com uma capa. Qual é a principal hipótese diagnóstica para o caso?

a) Delírio.
b) Ilusão.
c) Alucinação.
d) Reação dissociativa.


UNIFESP
Mulher, 25 anos de idade procura pronto atendimento, referindo perda do interesse por tudo, tristeza com choro fácil e ganho de peso há 3 semanas. Relata muito sono e mesmo dormindo 10 horas por noite, acorda cansada. Prefere ficar sozinha na maior parte do tempo e pensa que isso possa ser um castigo por algo que fez, mas não sabe o quê. Nega ter qualquer outra doença, bem como uso de drogas lícitas ou ilícitas. O diagnóstico e a conduta, respectivamente, são:

a) Episódio depressivo, acompanhamento ambulatorial com antidepressivo.
b) Episódio depressivo, internação em unidade psiquiátrica.
c) Episódio esquizoafetivo, acompanhamento ambulatorial com estabilizador do humor.
d) Episódio esquizoafetivo, acompanhamento ambulatorial com antipsicótico.
e) Episódio depressivo com sintomas psicóticos, acompanhamento ambulatorial com antidepressivo e antipsicótico.

UNICAMP
Homem, 36a, foi trazido ao Setor de Emergência com apatia e lentificação motora. Antecedentes Pessoais: transtorno afetivo bipolar há 13 anos, em uso crônico de carbonato de lítio, carbamazepina e clonazepam. Há um mês apresentou episódio maníaco com sintoma psicóticos, sendo associada olanzapina. Exame físico: T= 41,2°C, PA= 90x60 mmHg, FC= 96bpm, Neurológico: hipertonia de extremidades.Leucócitos= 19.300mm3, CPK= 3.176 U/L. Tomografia computadorizada de crânio: sem alterações. ALÉM DA SUSPENSÃO DA OLANZAPINA, O TRATAMENTO É:

a) Bromocriptina.
b) Haloperidol.
c) Buspirona.
d) Riluzol.

USP-RP
Mulher, 60 anos, portadora de doença psiquiátrica e hipotireoidismo, foi encaminhada por rebaixamento do nível de consciência. Há 1 semana apresenta diarreia aquosa, sem sangue ou muco e sem febre. Há 3 dias apresenta sonolência e aumento do volume de diurese. Faz uso crônico de lítio, carbamazepina, haloperidol e levotiroxina. Exame físico: desidratada +++, confusa, Escala de coma de Glasgow = 12, sem rigidez muscular, fasciculações discretas em membros, reflexos tendíneos normais, pupilas isofotorreagentes e sem sinais meníngeos. Exames laboratoriais: glicemia 98 mg/dL; Na: 160 mEq/L; K: 4,0 mEq/L; pH; 7, 35; HCO3: 25 mEq/L; Creatinina: 1,5 mg/dL; ureia 80 mg/dL. ECG sem alterações. Qual é a conduta mais adequada?

a) Amilorida.
b) Bromocriptina.
c) Carvão ativado.
d) Fisostigmina.


Essas foram as questões comentadas da série Revisando com Questões desta semana. Conte-nos o que você achou nos comentários! Sua opinião é muito importante para nós!


Olá, O que você achou deste conteúdo? Conte-nos nos comentários!